quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Clínica veterinária é condenada a indenizar dona de animal

Os Desembargadores da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio condenaram a clínica veterinária Parada Animal, localizada em Volta Redonda, a pagar uma indenização no valor de R$10 mil, por danos morais, à dona de uma cadela poodle.

Catia Maria de Oliveira levou seu animal de estimação, de 14 anos, ao estabelecimento réu para tomar banho. Porém, a cadela fugiu, foi atropelada e morreu horas depois.

Para o desembargador Carlos Azeredo de Araújo, relator do processo, a dor da perda de um animal é indiscutível. "Não há dúvida de que a perda de um animal de estimação de 14 anos de idade gera sofrimento, perturbação e abalo emocional para o dono, o que dá ensejo à indenização por danos morais.", afirmou o magistrado.

N.º do processo: 0012619-70.2011.8.19.0066

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro