sexta-feira, 13 de julho de 2012

TIM lança plano de banda larga fixa residencial de 25 mega

A TIM Fiber, subsidiária do grupo da operadora de celular, anunciou nesta sexta-feira (13) que entrará no mercado de banda larga residencial com a oferta de um plano de velocidade de 25 megabits por segundo (Mbps) por uma assinatura mensal de R$ 109.

O serviço, batizado de Live TIM, está sendo oferecido inicialmente apenas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, sem taxa de instalação, cláusulas de fidelização ou multas ao contrato. Segundo a operadora, a oferta é válida até 31 de agosto, com cobrança a partir somente de setembro.

A TIM fornecerá acesso à internet por meio de cabos de fibra ótica de uma rede de 5.500 km que pertencia a AES Atimus, empresa adquirida em novembro de 2011 pela operadora por R$ 1,5 bilhão.  A banda larga chegará até o poste da rua ou prédio, onde será instalado um conversor. A partir de então, será usada a rede convencional de cobre para fazer o serviço chegar até dentro das residências, onde será instalado um conversor.

A empresa garante, porém, que está oferecendo um produto em média até 10 vezes mais rápido do que o oferecido atualmente pela concorrência.

"Nossa estratégia não é entrar em guerra de preço. É ter um preço semelhante ao que se tem hoje no mercado, mas entregando muito mais do que tem sido oferecido", disse o presidente da TIM Faber, Rogerio Takayanagi. "A gente entende que não existe banda larga de verdade que não seja de pelo menos 25 Mbps", acrescentou.

Segundo o executivo, o grande diferencial do serviço em relação à concorrência é a qualidade da infraestrutura adquirida da AES Atimus e arquitetura da tecnologia desenvolvida, que permite altas velocidades mesmo utilizando uma rede de cobre entre o poste e a residência.

De acordo com Takayanagi, é a distância entre a residencial e a central de banda langa que impede que clientes das operadoras concessionárias recebam em muitos bairros mais de 2 Mbps. "80% dos domicílios do Rio e São Paulo estão numa distãncia de até 400 metros da nossa fibra ótica", explica.

Meta de 1 milhão de clientes até 2016

A meta da operadora é atingir 1 milhão de clientes até 2016, o que representará uma participação de mercado entre 18% e 20%. "Acreditamos que até o final do ano já podemos ter entre 50 e 70 mil assinantes", avaliou Takayanagi.

Segundo a empresa, 56 mil interessado sno serviço já se cadastraram no site do Live TIM e a banda larga já está sendo instalada para cerca de 2 mil clientes que aceitaram as condições comerciais oferecidas.

Fonte: G1