quinta-feira, 26 de julho de 2012

Menina que contraiu HIV em hospital público será indenizada

A Justiça determinou que o governo da Bahia pague uma indenização de R$ 100 mil por danos morais à família de uma jovem de 16 anos que foi infectada pelo vírus HIV, em 1998, após uma transfusão de sangue em um hospital público de Salvador.

A decisão judicial estipula ainda o pagamento de uma pensão vitalícia de quatro salários mínimos (R$ 2.488).

Quando tinha dois anos e oito meses, a menina foi internada com anemia no Hospital Geral Roberto Santos, onde recebeu a transfusão.

De acordo com o pai da garota, o pintor automotivo Carlos Silva, 40, os primeiros sintomas da infecção surgiram dias após o procedimento. Ao longo dos anos, a saúde da criança piorou. Debilitada, tinha crises de fraqueza, pneumonia e febre alta.

Até que, em 2005, uma série de exames confirmou a presença do vírus.

Em 2010, uma sentença judicial estipulou o pagamento de R$ 50 mil por danos morais e pensão vitalícia de dois salários mínimos, mas a família considerou o valor baixo e recorreu da decisão.

Segundo o advogado da família, Artur Guimarães, no início do processo membros da família fizeram exames que descartaram a presença do vírus. Além disso, à época o banco de sangue do hospital era mantido por mais de uma instituição de coleta, e a procedência do sangue não foi comprovada.

Silva conta que a filha costuma ter reações ao coquetel e falta às aulas devido ao mal-estar e à saúde frágil.

"Essa situação destruiu tudo. Eu era taxista e saí de Salvador para reduzir despesas e fugir do preconceito", disse o pai da jovem, viúvo e com mais três filhas. A família mora em Camaçari, região metropolitana de Salvador.

Por meio de sua assessoria, a Procuradoria-Geral do Estado disse que recorrerá da decisão. O órgão alega que é preciso esclarecer as causas da contaminação.

Em setembro de 2011, o governo do Ceará foi condenado a pagar R$ 250 mil à família de um bebê que morreu após contrair o vírus HIV em transfusões em hospitais do Estado.

Fonte: Folha de São Paulo