quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Novo fórum de Caxias/MA é inaugurado na Cidade Judiciária

A Cidade Judiciária de Caxias, situada a 360 Km de São Luís, recebeu nesta quinta-feira (3) mais um órgão da Justiça: o Fórum “Desembargador Arthur Almada Lima”, construído pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. Com mais esta obra, o complexo passa a abrigar na mesma área os serviços da justiça federal, eleitoral, estadual e, em breve, trabalhista.

A solenidade de inauguração foi presidida pela desembargadora Cleonice Freire, presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Durante a solenidade foi instalada a 5ª Vara da comarca, criada pela Lei Complementar n.º 87/2005, com competência, segundo o Código de Divisão e Organização Judiciária do Estado, para o Tribunal do Júri e Execução Criminal.

Afastado para assumir o governo do Estado interinamente, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Jamil Gedeon, foi homenageado com uma placa oferecida por colegas magistrados, entregue pelo desembargador Cleones Cunha, corregedor eleito.

“Por tudo que Jamil Gedeon fez à frente do Judiciário, entregamos-lhe uma placa em homenagem à sua dedicação”, anunciou a desembargadora Cleonice Freire.

Gedeon, que nasceu em Caxias, disse se sentir orgulhoso em participar de um momento histórico, em sua cidade natal e lembrou que o seu pai Fause Elouf Simão, vereador por 32 anos na cidade, já falecido, se empenhou para conseguir um fórum melhor para a comarca, adequado à demanda judicial da cidade e dedicou a ele essa conquista.

“Grandes desafios o Judiciário ainda deve enfrentar. Mas, unidos, teremos novas vitórias, pois acredito em dias ainda melhores para o Judiciário maranhense. No Conselho Nacional de Justiça havia reclamações de que essa comarca necessitava de uma estrutura melhor, e é isso que entrego à população da cidade, nesta data histórica”, destacou o desembargador.

O FÓRUM - A comarca de Caxias tem como termos judiciários as cidades de São João do Soter e Aldeias Altas. O Fórum possui 6.300 m2 de área construída num terreno de 23 mil m2, localizada no bairro Campo de Belém. A unidade tem espaço para 5 varas e 1 juizado especial cível e criminal; um salão do júri com capacidade para 179 lugares, estacionamento para 135 veículos, gabinetes para juízes; recepção, almoxarifado, depósitos, dois elevadores; centro de processamento de dados, copa/refeitório, salas para arquivos, audiências e oficiais de justiça, espaço para OAB e Ministério Público; sanitários, inclusive adaptados para portadores de necessidades especiais, dentre outras dependências.

Para o advogado João Machado, 87 anos, a instalação de um novo Fórum da Justiça Estadual proporciona à população melhor atendimento, num ambiente mais estruturado. “Este dia ficará marcado na história da cidade de Caxias, que há poucos dias comemorou 200 anos que saiu da condição de arraial para vila, tornando-se depois município”, disse.

HOMENAGEM – Na solenidade, os desembargadores José Pires da Fonseca, Josefa da Costa e Arthur Almada Lima Filho (aposentados), Raimundo Melo, Jaime Araujo, e os juízes Maria Mendonça, Luiz Belchior, Milton Bandeira Lima, Carlos Veloso, Andrea Lago, Cristiano Simas, Ferdinando Serejo, Leoneide Amorim, Rodrigo Nina, Sidarta Gautama, Paulo Gomes, Clésio Cunha e Antonio Manoel Velozo também receberam uma placa, pelos relevantes serviços prestados à justiça de Caxias.

Prestigiaram a cerimônia de inauguração do novo Fórum os desembargadores da ativa Jorge Rachid, Raimundo Melo, Raimundo Nonato, Jaime Araujo, Raimunda Bezerra, Fróz Sobrinho, Lourival Serejo, Cleones Cunha, Benedito Belo; os desembargadores aposentados Militão Vasconcelos, Pires da Fonseca, Madalena Serejo, Josefa da Costa, Arthur Almada Lima Filho; o ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça, Edson Vidigal, o chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva; juízes, defensores públicos, procuradores, advogados; os deputados Sétimo Waquim, Alexandre Almeida, Magno Bacelar, Cleide Coutinho; os prefeitos João Castelo, Humberto Coutinho, Socorro Waquim, Suely Pereira; o bispo da arquidiocese de Caxias, a procuradora geral de Justiça, Fátima Travassos; o presidente da OAB-MA, Mário Macieira; a presidente do TRT-MA, Márcia Andreya Farias; defensor público geral Aldy Melo; o ex-ministro Edson Vidigal; diretores do TJMA (Alessandra Darub, Francisco das Chagas Pereira, Aurino Rocha, Luis Carlos Calvet, Antonio José Lago), a assessora jurídica Larissa Buhatem, a chefe de gabinete Bruna Barbiere e os juízes auxiliares Sônia Amaral e Raimundo Bogea.

CAXIAS - A cidade de Caxias faz parte da região dos Cocais. Segundo estimativas do IBGE de 2010, possui cerca de 156 mil habitantes e é o 4º município mais populoso do estado.

Fonte: Tribunal de Justiça do Maranhão