quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Ambientalistas alertam para presença de substância cancerígena em xampus infantis

Duas substâncias químicas consideradas prejudiciais a bebês permanecem em fórmulas de xampus vendidos nos Estados Unidos e em outros países, mesmo que a companhia já produza versões sem tais químicas. É o que afirma um grupo internacional de saúde e meio ambiente.

A organização conclama aos consumidores que boicotem os produtos para bebês da marca Johnson & Johnson até que a companhia esteja de acordo com a remoção dos produtos químicos de suas fórmulas vendidas mundo afora.

A Johnson & Johnson se defende afirmando que níveis atuais de substâncias potencialmente cancerígenas nos produtos da linha Baby são extremamente baixos e não representam risco à saúde.

Segundo comunicado divulgado pela “Campanha por Cosméticos Seguros” (Campaign for Safe Cosmetics), a empresa continua a usar em produtos da linha Johnson’s Baby substâncias como 1,4-dioxano e quatenium-15, que libera formaldeído – usado para matar bactérias e que potencialmente causa câncer.

A assessoria de imprensa da Johnson & Johnson no Brasil informa que todos os ingredientes usados nos produtos da linha Baby são aprovados pelos órgãos regulatórios de saúde nos países em que são comercializados. No Brasil, tal fiscalização é feita pela Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Fonte: ClickRBS