segunda-feira, 13 de junho de 2011

JUIZ APOSENTADO DE SERGIPE TEM PRISÃO DECRETADA

Após mais de nove anos do julgamento pelo Tribunal do Júri e esgotados todos os recursos cabíveis, o juiz aposentado Francisco de Melo Novaes teve sua prisão decretada pelo Poder Judiciário sergipano. Ele foi condenado como mandante do assassinato do promotor Valdir de Freitas Dantas.

Ao assumir o cargo, o atual Procurador-Geral de Justiça determinou que o diretor do Núcleo Recursal do MP-SE, Paulo José Francisco Alves Filho, e o assessor da PGJ, promotor de Justiça Manoel Cabral Machado Neto, dessem prioridade ao caso. 

O promotor foi assassinado em março de 1998, atingido por cinco tiros, quando fazia sua corrida matinal. Ele conduzia um inquérito policial contra Novais que investigava venda de sentenças e processos judiciais forjados.

A qualquer momento, o Juiz aposentado Francisco Melo de Novaes, será recolhido à prisão, para cumprimento da pena de cerca de 19 anos.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Ministério Público de Sergipe.