quarta-feira, 15 de junho de 2011

FASES DA CIÊNCIA PROCESSUAL

São quatro as fases distintas pelos processualistas:

A primeira fase, denominada de sincretismo, não distinguia direito material de direito processual, eis que não havia a ciência processual.

Na segunda fase se dá início ao estudo do processo como direito autônomo. É a fase do processualismo.

A terceira fase, instrumentalista, é aquela na qual se busca uma proximidade entre direito material e processual, pois eles se relacionam.

A quarta fase, de menção não unânime na doutrina, é considerada por Fredie Didier como a fase em que se busca valorar a ética na aplicação processual (neoprocessualismo).

Fonte: Instituto de Pesquisa e Cultura Luiz Flavio Gomes